MINISTÉRIO DE MUSICA

Louvor & Adoração

Louvar é bendizer ou “dizer bem”. Em hebraico, vem da palavra que deu origem à “elogio”, “eulogein” em hebraico. Louvor é diferente de adoração. Louvar tem a ver com elocução verbal. Você não pode falar bem de ninguém se não abrir seus lábios. Adoração tem um sentido mais amplo. Adoração quer dizer amor profundo (proskuneo), serviço (latreia), reverência (sebein), culto (leitourgeo) e religião (threskeia). Mudar o nome de “ministério de louvor” para “ministério de adoração” envolve muitos aspectos que transcendem apenas uma questão nominal. Todos os que fazem parte do ministério de louvor devem ser adoradores, subentendendo-se que, o adorador é aquele que serve, é reverente e tem comunhão com o próximo.

O louvor de verdadeiros adoradores se apresenta com algumas características: espontaneidade (2Sm 6.10-12), alegria (Sl 16.11, At 13.52), reverência (Sl 99.5, Ap 4.10), glorificação (Sl 29.9).

O louvor pode ser dirigido a Deus ou aos homens (Pv 27.21; 31.30; Rm 3.3; 2Co 7.14). Afinal, louvor é elogio. A Bíblia diz que o próprio Deus louvará aos salvos (1Co 4.5). A adoração, porém, só pode ser dirigida a Deus. “Ao Senhor teu Deus adorarás e só a ele darás culto.” (Mt 4.10; Ap 19.10).

Ministério de Louvor

O Ministério de louvor, assim como qualquer outro ministério da igreja local, existe em função da igreja. A igreja não existe por causa do ministério, mas o ministério existe por causa da igreja. Assim sendo, ele é um facilitador do desenvolvimento da música e do louvor ao Senhor. Se este ministério não consegue aproximar a igreja do Senhor ao Senhor através da música, ele perde sua razão de ser. O ministério não é composto de “pessoas que querem se apresentar”. É composto de adoradores. Estes adoradores entendem que Domingo à noite não é o “melhor culto”. Não “brigam por um espaço” ou “por um lugar”. Ninguém deve aparecer ou querer aparecer, mas deixar Deus aparecer.

Composição:

1. Líder e Pastor do Louvor da Igreja – Responsável em gerenciar, organizar, coordenar e administrar toda o Ministério de Música; incentivando e principalmente conduzindo a espiritualidade do Ministério.
2. Dirigente do Louvor – Responsável em conduzir o louvor e organizar a liturgia no dia em que está escalado.
3. Ministros de Louvor – Conduzem a igreja no momento de louvor, entendemos que todos que estão servindo naquele dia estão ministrando.
4. Backing Vocal e Coral – Tenores, baixos, barítonos, sopranos e contraltos que fazem uso da voz, intercedem pela igreja, estão conectados na atmosfera espiritual e apoio ao Dirigente do Louvor, são facilitadores da Igreja no momento das músicas.
5. Instrumentistas – Tocam seu instrumento, assim como o Backing Vocal também tem o papel de interceder e servir a igreja e o dirigente.
6. Multimídia – Responsável em projetar as letras das músicas, bem como sua organização e toda parte de comunicação visual dos cultos que incluem vídeos, musicas, imagens, etc.

Como fazer parte:

  • Ser membro da Igreja do Nazareno Tabernáculo da Vida há no mínimo 6 meses.
  • Caso já seja membro da igreja do Nazareno o processo de integração é de 3 meses para participar da escala de ministração.
  • Ser batizado nas aguas.
  • Se for transferido de outra igreja, trazer a carta de recomendação e apresentação notificando a transferência e motivo.
  • Passar pelo Ministério de Integração e entrevista com o Pastor Titular.
  • Agendar entrevista com Pastor do Ministério de Música.
  • Agendar audição com a liderança.
  • Participar da Escola Dominical (MEDD) e devocionais mensais, para entender o chamado e a visão.
  • Estar disponível para o Senhor entendendo o seu chamado e honrando a liderança.

Pr. Ricardo e Débora – Líderes do Ministério de Música da igreja local.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Site

Sua mensagem

Ministério de Música
Date

30 de maio de 2015

Client

MINISTÉRIO DE MUSICA

Category

Ministérios